terça-feira, 26 de janeiro de 2010

' PAIXÃO ENLUARADA



Hoje não quero que me digas 
Nada além do que já sei 
Não quero que me mostres a saída 
Pois ao amor, já me entreguei.

Não quero que me diga nada 
Apenas faça-me sentir 
Como se minh’alma fosse alada 
E para o céu pudesse ir  

Apenas espero que a magia 
Desse olhar que incendeia 
Faça-me lembrar que o dia 
Pela noite já anseia  

Eu só preciso da lua 
Pra testemunhar esta paixão 
E provar que eu sou sua 
E que é teu, meu coração.

5 comentários:

Tiago Moralles disse...

A luz da lua tudo fica mais bonito.

Adolfo Payés disse...

Que bello tu poema.. me quedo disfrutando tu poesía.

Un beso querida amiga..


Un abrazo
Saludos fraternos...

Naty disse...

Caramba, heim!!
Que belo!
Viajei lendo, palavras que me encantaram.

Parabéns!
Bjos.

Natalya Nunes disse...

A lua inspira a gente, né?

Obrigada pelos comentários, queridos!

Barbara C disse...

Acho que foi o mais bonito que já li aqui!

bjs

Postar um comentário