segunda-feira, 5 de abril de 2010

O QUE EU FIZ PARA MERECER?


O que eu fiz para merecer
esse seu olhar que me desmonta,
sua pele quente que me arrepia
e esse teu semblante que me rodeia?

O que eu fiz para merecer
esta felicidade que me amedronta, 
todo este desejo...esta utopia
e esta paixão que me incendeia?

O que eu fiz para merecer
todo este amor que não me afronta, 
para a tristeza, é terapia
e é tudo aquilo que minh’alma anseia?

O que eu fiz para merecer?
Nem sei como pode ser...
Mas, basta você dizer que sim
que eu te levo até o fim!..

O que eu fiz para merecer
todo este medo de te perder?
Por que é tão bom sentir-se assim?
Você já faz parte de mim!..


5 comentários:

Adolfo Payés disse...

Que gusto volver a leerte.. después de mi ausencia.. me quedo como siempre por tu espacio..

Bello placer disfrutar de tus letras.


Un abrazo
Saludos fraternos..

Barbara C disse...

O que eu fiz para merecer?

As vezes nem merecemos tanto amor ,as vezes é mais do que digno que tenhamos tanto amor...
vai saber neah?!?!


bjs

Naty Araújo disse...

Comi um pedaço do meu texto lá no blog hahaha.
Dá uma olhada no restante pra saber quem era o ídolo e alguns outros "apetrechos" rsrs.

Agora falando do seu texto...
A gente nem sempre faz algo nítido pra merecer, mas todos nós precisamos e merecemos um grande amor.
Lindo, lindo mesmo.
Quero copiar e postar em meu blog qualquer dia desses. Posso?

Marcelo Novaes disse...

Natalya,



Seu eu não-lírico está transbordando, pelo menos aqui...




Sem fazer nada para merecer isso.








Beijo.

Natalya Nunes disse...

Gracias, Adolfo =D

---
Bah, às vezes é merecimento, às vezes é conquista...às vezes é assim que nem escrevi na poesia, é tudo tão surreal que fica difícil de acreditar que é tudo nosso.

---
Naty, mais uma vez obrigada pelo carinho.
Com certeza você merece um GRANDE amor desses..rs

---
Marcelo, quem me dera ser merecedora de um amor assim...
Pelo menos aqui eu posso..rs

---

Obrigada a todos pela visita e comentários. (;

Postar um comentário