quarta-feira, 17 de março de 2010

TEMPESTADE

Está escrito em teu olhar
Que você guarda um segredo
Que eu posso decifrar
Embora também tenha medo

Também temo esta tempestade
Mas não quero que ela se vá agora
Pois, bem sei que é verdade
Que se ela for, você vai embora

Esse egoísmo acompanha o tormento
Que é menor que a solidão
Mas não posso controlar o tempo
Nem sou dona do teu coração

Quero que o sol volte a brilhar
Mas também quero te ter aqui
Então, continuo a sonhar
Até que a chuva volte a cair.

3 comentários:

Tiago Moralles disse...

Molhe seus dias e minhas noites.

Natalya Nunes disse...

E façamos de nossas vidas uma tempestade de sentimentos.

Obrigada pelo cometário, Ti!
Vc é um fofo!

A!!ªN disse...

Oi Poetiza! gostei do seu blog viu, o lay, os poemas..esse em questão é profundo, parabéns pelas suas palavras...To te seguindo.... beijos

Postar um comentário