quarta-feira, 3 de março de 2010

CORAÇÕES DISTANTES


Acabei de ganhar essa poesia do meu amigo lindo e querido Kayan Gusmão.
É tão bom poder ler a sinceridade tão perfeitamente descrita em cada verso... ADOREI e retribuo todo o carinho e amizade!

Quem quiser conhecer os LINDOS textos dele, clica aqui. Vale muito a pena.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Ah se essa distância
Pudesse ser superada
No instante do agora
Cessaria minha ânsia
De abraçar-te na chegada:
Não iria mais embora.

Mesmo tendo mil certezas
Que és única
Em um milhão
Mesmo com a afoiteza
De querer te ver
Pegar sua mão...

Mesmo com isso tudo,
Na certeza do meu coração
Um nervosismo agudo
Faz sentir pré-emoção.

Porém tudo o que tenho
É dos sonhos a constância
De esperar te conhecer
E acabar com a distância.


5 comentários:

Adolfo Payés disse...

Paso a dejarles mi saludos fraternos de siempre..
Disculparme por mi ausencia..

Por razones de viaje no he podido estar en cada unos de sus blog.
Continuo con mi viaje y pronto espero poder con el ritmo normal para compartir sus escritos..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Tiago Moralles disse...

Romances internéticos?

Natalya Nunes disse...

Quem nunca teve um, né Ti?..rs

Naty Araújo disse...

Ahhh, Naty... que lindo.

Colocarei a mesma frase que o Tiago, porém... sem o ponto de interrogação, dá pra ter certeza disso rsrsrs.
"Romances internéticos".

Bjão, desculpe minha ausência... tive que formatar meu pc.

KAYAN disse...

Ela merece mais, muito mais!

Postar um comentário